segunda-feira, 30 de agosto de 2010

História Da Cantora Marilia Melo




Nascida e criada em São Paulo, Marília Mello, iniciou sua história na música católica na adolescência, cantando nos encontros jovens, nos retiros, santas missas e grupos de orações...

Era início da sua caminhada com o Senhor Jesus... No ano de 2001 foi convidada a fazer parte da Banda El Shammá (Banda da Região de Embu das Artes SP) onde viveu tempo de crescimento espiritual e musical. Com a Banda El Shammá participou de festivais de música e chegou até gravar uma coletânea da diocese. No ano de 2007 como resposta do Senhor, a Banda passou a ser Projeto Solo Marília Mello... E como fruto dessa longa caminhada servindo ao Senhor grava o seu primeiro cd NOVO CAMINHO.

Novo caminho mostra a importância de sermos homens e mulheres novas a cada dia, trilhando os caminhos retos do Senhor... O cd conta com 12 canções inéditas, sendo sete assinadas pela cantora. Entre elas, três em parceria com o Músico, compositor e esposo Marcelo Flávio. E uma com o pianista Edson Junior.

Neste trabalho Marília Mello canta composições de João Granggeiro, Rodrigo Santana, Rubens Ruiz, Edalto do Santos, Marcelo Flávio e Edson Jr.

Dona de uma voz madura, Marília Mello une em suas canções a técnica e uma profunda espiritualidade tendo destaque as canções: “Dois Caminhos”, “Clamo forte”, “Tua Graça” e “Só Ele é digno”. Além de contar com a participação especial do músico e cantor Danilo Lopes (Ceremonya) em “Nova Vida”.

“ É muito gratificante cantar com o Danilo, esse grande nome da música católica. Mais muito mais do q isso, é poder partilhar da unção que o Senhor deu a ele. Glorificado seja o Teu nome Senhor, pela vida deste teu servo...” Comenta Marília.

“O desejo do meu coração é que essas canções possam ser instrumentos de graça na sua vida, e que elas te levem para um novo caminho... O Caminho do Pai” Marília Mello

Algumas músicas estão disponíveis para audição no My space (WWW.myspace.com/mariliamello)

Site: www.mariliamello.com.br

Faixas do cd

1. Dois Caminhos
2. Clamo forte
3 .Contigo
4. Tua Graça
5. Olha pra mim
6. Sempre te adorarei
7. Deus infinito
8. Nova vida
9. Plano de Deus
10. Só Ele é digno
11.Espírito de Deus
12. Glória e louvor

2º Caminhada da Semana da Familia reuniu as Paróquias Centro-Sul


As Paróquias do Zonal Centro-Sul se reniu para caminhar juntos encerrando assim a Semana da Familia que tinha se iniciado no ultimo domingo(22), a caminhada começou ás 16:30 e foi demonstrado entre as diversas manifestações Combate á dengue, a AIDS, aos mangues, Proteção das Familias, entre outras diversas formas de manifestação.
Fonte "MCC ILHÉUS"

Bento XVI: Jesus “ocupou o último lugar no mundo” por nós


CASTEL GANDOLFO, domingo, 29 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - O Papa Bento XVI quis dedicar sua habitual introdução à oração do Ângelus - com os peregrinos reunidos no interior do Palácio Apostólico de Castel Gandolfo - à virtude da humildade.

Refletindo sobre a passagem do Evangelho do dia, sobre os convidados a um casamento que buscavam os primeiros lugares, o Papa afirmou aos presentes que é Jesus quem "ocupou o último lugar" por cada um de nós.

Quando Jesus aconselha a buscar os últimos lugares, explicou o Pontífice, "não pretende dar uma lição sobre etiqueta nem sobre a hierarquia entre as diferentes autoridades", mas insiste "em um ponto decisivo, que é o da humildade".

"Esta parábola, em um significado mais profundo, faz pensar também na posição do homem em relação a Deus - acrescentou o Papa. O ‘último lugar' pode representar, de fato, a condição da humanidade degradada pelo pecado"; por isso, o próprio Cristo "ocupou o último lugar no mundo - a cruz - e, precisamente com esta humildade radical, nos redimiu e ajuda sem cessar".

No final da parábola, prossegue o Papa, "Jesus sugere ao chefe dos fariseus que convide à sua mesa não seus amigos, parentes ou vizinhos ricos, mas as pessoas mais pobres e marginalizadas, que não têm como devolver o favor".

"Mais uma vez, portanto, vemos Cristo como modelo de humildade e gratuidade: d'Ele aprendemos a paciência nas tentações, a mansidão nas ofensas, a obediência a Deus na dor, a espera de que Aquele que nos convidou dos diga: ‘Amigo, vem mais para cima'."

Neste sentido, quis recordar o exemplo de São Luís, rei da França, cuja memória foi celebrada no dia 25 de agosto.

Este rei, afirmou, "pôs em prática o que está escrito no livro do Eclesiástico: ‘Na medida em que fores grande, humilha-te em tudo e assim encontrarás graça diante de Deus' (3, 20)".

Marina compara programa eleitoral de adversários a novelas


A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, cobrou neste domingo (29) o aprofundamento do debate na campanha eleitoral e fez críticas indiretas a seus adversários na disputa.

Marina apontou o que chamou de"ansiedade tóxica de fazer malabarismos para o eleitor” e comparou os programas eleitorais a novelas, afirmando que "estão pintando o mundo cinematograficamente".

“O programa eleitoral virou quase que uma continuidade de novela, só que não com a qualidade das novelas. Tudo está cor de rosa ou tudo vai ficar azul. Nós estamos dizendo que tem problemas que precisam ser debatidos, que é preciso ter um olhar para o Brasil real, o Brasil da favela do Coque (no Recife), o Brasil que não fez a reforma tributária, esse Brasil que fica uma hora na fila para conseguir uma consulta”, disse, após um café da manhã em São Paulo com integrantes de sua campanha.

Sem citar o nome de Dilma Rousseff (PT), Marina rejeitou a figura de “um pai salvador e uma mãe salvadora” e cobrou uma discussão “madura, que não infantilize". A campanha da petista e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva têm evocado a figura materna em torno de Dilma. A petista aliás, já havia recebido o título informal de "mãe do PAC" por parte do presidente quando era ministra da Casa Civil.

Quebra de sigilo


Assim como havia feito no sábado (28), a candidata do PV cobrou do Ministério da Fazenda uma resposta sobre o acesso a dados fiscais do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, e de outras pessoas ligadas aos tucanos. O caso está sendo investigado num procedimento administrativo da Receita Federal.

"Onde já se viu, mais de quarenta pessoas envolvidas na quebra de informações sigilosas que devem ser respeitadas pela legislação tributária e não se tem uma palavra do Ministério da Fazenda, do ministro da Fazenda em relação a um caso como esse", questionou.

Para ela, o episódio deixa os brasileiros numa situação de "vulnerabilidade". "Se isso acontece numa área tão sensível, pode estar acontecendo em outras áreas?", apontou.

Marina disse que não poderia fazer um julgamento antecipado e relacionar o episódio à campanha eleitoral, mas criticou o tratamento do assunto na campanha. "Não podemos olhar um problema dessa gravidade preocupados apenas com o desgaste eleitoral que poderia ser causado."

Ela acrescentou que, com ou sem motivação política, o caso ilustra um "problema gravíssimo de falta de controle" e cutucou os adversários. "Num mundo em que as pessoas se vangloriam tanto da gestão, que gerência é essa?"

FONTE "G1.COM"

Dilma tem 51%, e Serra, 27%, aponta Ibope


A candidata Dilma Rousseff (PT) aparece na frente na corrida pela Presidência da República, segundo pesquisa Ibope de intenção de voto divulgada neste sábado (28). A petista tem 51% das intenções de voto contra 27% do adversário José Serra (PSDB).

De acordo com o Ibope, em terceiro lugar está Marina Silva (PV), com 7%. No levantamento anterior do Ibope, realizado dos dias 12 a 15 de agosto, Dilma tinha 43%, Serra, 32%, e Marina, 8%.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos para mais ou menos. Isso indica que Dilma pode ter entre 49% e 53% e Serra, entre 25% e 29%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".

Os eleitores que responderam que votarão em branco ou nulo somaram 5% e os que se disseram indecisos, 9%.

Dos demais candidatos, Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) e Zé Maria (PSTU), nenhum alcançou 1% das intenções de voto. O candidato Rui Costa Pimenta (PCO) não foi citado por nenhum dos entrevistados.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores com mais de 16 anos em 171 municípios de terça-feira (24) a quinta-feira (26). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 26139/2010.

Votos válidos


De acordo com o Ibope, considerando-se apenas os votos válidos, excluindo brancos, nulos e indecisos, Dilma tem hoje 59% das intenções de voto, Serra, 32%, e Marina, 8%. Outros candidatos não atingiram 1%. O candidato do PCO, Rui Costa Pimenta, não foi citado pelos entrevistados. Nesse cenário, se as eleições fossem hoje, Dilma poderia ser eleita no primeiro turno.

Segundo turno
Em um eventual segundo turno entre Dilma e Serra, o Ibope apurou que a petista teria 56% e Serra, 32%. Brancos e nulos seriam 6%, e indecisos, 7% (a primeira versão deste texto apontava, erradamente, que Dilma teria 55% no segundo turno). Na pesquisa anterior, as taxas de Dilma e Serra eram de 48% e 37%, respectivamente.

Avaliação do governo
O levantamento também mostrou como os eleitores avaliam o governo Lula. Para 78%, o governo é ótimo ou bom; para 17%, regular; para 4%, ruim ou péssimo.

FONTE: "G1.COM"

Estádio da Fonte Nova é implodido em Salvador


O anel superior do Estádio Otávio Mangabeira, conhecido como Fonte Nova, em Salvador, foi implodido às 10h26 deste domingo (29). A detonação dos explosivos atrasou por demora na retirada de moradores do entorno. Foram usados 700 quilos de explosivos. Essa é a segunda fase do processo de demolição do estádio, que teve o anel inferior demolido por máquinas.

A Defesa Civil coordenou a operação de evacuação do entorno do estádio. Cerca de 1300 profissionais trabalharam na operação. No total, cerca de 2.400 moradores tiveram de deixar suas casas. A previsão é que a área do entorno deverá ser limpa e liberada até as 18h. Segundo a Coordenação de Defesa Civil de Salvador (Codesal), equipes do órgão vão ser responsáveis pela varredura pós-implosão para examinar a possível obstrução das vias.

O estádio foi palco de um acidente em 2007, que resultou na morte de sete pessoas. No acidente, parte do piso do anel superior do estádio desabou.

Segundo o engenheiro Manuel Jorge Dias, da Arcoenge Engenharia, responsável pela obra, foram colocados 1.100 pontos de detonação. No total, 138 pilares foram furados para a colocação dos explosivos. A Arcoenge foi contratada pelo Consórcio Arena Salvador 2014, que vai executar a construção da Arena Fonte Nova, novo estádio que ficará no local. A empresa já realizou 72 implosões no Brasil, entre elas a da Penitenciária do Carandiru (fases I e II) e a do galpão em frente ao Aeroporto de Congonhas.

O novo estádio a ser construído no local será uma das sedes da Copa do Mundo 2014. A área de 12 mil metros quadrados terá capacidade para 50.433 pessoas.

Com a demolição da tribuna de honra, prevista para terça-feira (31), o Consórcio Arena Salvador, vai aguardar apenas a liberação do alvará de construção emitido pela Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom) para iniciar a construção do novo estádio, previsto para o início de setembro. A Sucom afirmou que a liberação do alvará deve sair ainda no mês de agosto.

Segundo Dias, o processo de demolição começou há dois meses, com a derrubada do anel inferior com máquinas e posterior perfuração dos pilares. Nesta etapa, apenas a tribuna de honra não será implodida, segundo o engenheiro. “Como ela está localizada numa área de risco, tanto para os moradores como para as edificações, a previsão é de que na terça-feira (31) façamos a demolição final com máquinas”, afirmou.

FONTE: "G1.COM"

sábado, 28 de agosto de 2010

Liturgia Da Palavra (22ª Domingo Do Tempo Comum)


Livro do Eclesiástico.

19Filho, realiza teus trabalhos com mansidão e serás amado mais do que um homem generoso. 20Na medida em que fores grande, deverás praticar a humildade, e assim encontrarás graça diante do Senhor. Muitos são altaneiros e ilustres, mas é aos humildes que ele revela seus mistérios. 21Pois grande é o poder do Senhor, mas ele é glorificado pelos humildes.
30Para o mal do orgulhoso não existe remédio, pois uma planta de pecado está enraizada nele, e ele não compreende.
31O homem inteligente reflete sobre as palavras dos sábios, e com ouvido atento deseja a sabedoria.


- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.
_____________________________________________________________________________________ Salmo Responsorial

— Com carinho preparastes uma mesa para o pobre.
— Com carinho preparastes uma mesa para o pobre.

— Os justos se alegram na presença do Senhor,/ rejubilam satisfeitos e exultam de alegria!/ Cantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome!/ O seu nome é Senhor: exultai diante dele!
— Dos órfãos ele é pai, e das viúvas protetor:/ é assim o nosso Deus em sua santa habitação./ É o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados,/ quem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.
— Derramastes lá do alto uma chuva generosa,/ e vossa terra, vossa herança, já cansada, renovastes;/ e ali vosso rebanho encontrou sua morada;/ com carinho preparastes essa terra para o pobre.
_____________________________________________________________________________________
Carta aos Hebreus.

Irmãos: 18Vós não vos aproximastes de uma realidade palpável: “fogo ardente e escuridão, trevas e tempestade, 19som da trombeta e voz poderosa”, que os ouvintes suplicaram não continuasse.
22Mas vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste; da reunião festiva de milhões de anjos; 23da assembleia dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus; de Deus, o juiz de todos; dos espíritos dos justos, que chegaram à perfeição; 24ade Jesus, mediador da nova aliança.


- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus
_____________________________________________________________________________________
— O Senhor esteja convosco!
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo, + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor!

1Aconteceu que, num dia de sábado, Jesus foi comer na casa de um dos chefes dos fariseus. E eles o observavam. 7Jesus notou como os convidados escolhiam os primeiros lugares. Então contou-lhes uma parábola:
8“Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar. Pode ser que tenha sido convidado alguém mais importante do que tu, 9e o dono da casa, que convidou os dois, venha te dizer: ‘Dá o lugar a ele’. Então tu ficarás envergonhado e irás ocupar o último lugar.
10Mas, quando tu fores convidado, vai sentar-te no último lugar. Assim, quando chegar quem te convidou, te dirá: ‘Amigo, vem mais para cima’. E isto vai ser uma honra para ti diante de todos os convidados. 11Porque quem se eleva, será humilhado e quem se humilha, será elevado”.
12E disse também a quem o tinha convidado: “Quando tu deres um almoço ou um jantar, não convides teus amigos, nem teus irmãos, nem teus parentes, nem teus vizinhos ricos. Pois estes poderiam também convidar-te e isto já seria a tua recompensa. 13Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. 14Então tu serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos”.

Palavra Da Salvação

Mariani – A mais nova voz da música Católica


Dedicação e escuta a Deus, essas são palavras que caracterizam a matonense Mariani Cristina da Silva, de 17 anos. A jovem cantora católica tem se destacado no interior de São Paulo, no trabalho de evangelização, através da música. Confira mais e assista o vídeo!

Nascida na cidade de Matão, sua história é marcada pela dedicação de seus pais em sua formação cristã. Seu pai, Diácono Permanente, e sua mãe, sempre servindo a Deus, esforçaram-se em dar uma formação consistente. Tanto que, com 10 anos, foi convidada a participar, já como serva do Ministério de Música de um grupo de oração na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. A vivência no grupo, durante o período de quatro anos e meio, contribuiu para seu desenvolvimento espiritual, dando maturidade para começar a cantar e compor.

Em outubro de 2005, uma decisão muito importante mudaria sua vida radicalmente. Sua aceitação incondicional do Senhorio de Jesus. Viveria, a partir daquele momento, inteiramente para o Senhor, entregando de forma incondicional toda a sua vida e seus dons. E como base nessa palavra: “Buscai em primeiro lugar o reino de Deus e tudo mais será acrescentado”, Mariani perseverou e, em pouco tempo de carreira, ganhou quatro concursos cantando e tocando violão. Recentemente, foi premiada através do cantor Eros Biondini por ter ganhado em 1° lugar com violão e voz o concurso Teen Night Festival, promovido pela comunidade Católica Alpha e Ômega.Com maturidade aquém de sua idade, o sonho da cantora é crescer fazendo de sua história um testemunho para a cura e libertação de muitos que ainda não experimentaram da verdadeira felicidade em Jesus!

Mariani em pouco tempo de carreira, conseguiu o contrato para lançar seu primeiro CD com a Produtora e Gravadora Paulinas – COMEP, com o título de A VITÓRIA ALCANÇARÁS.

O grande sonho que primeiro foi sonhado por Deus, está se realizando e seu maior objetivo é crescer fazendo de sua história um testemunho para a cura e libertação de muitos que ainda não experimentaram da verdadeira felicidade em Jesus!

Os trabalhos já foram concluídos e as vendas do CD estarão disponíveis nas lojas católicas da cidade, em breve.

O Show de lançamento está marcado para o dia 30 de Janeiro de 2.009, na Sorema. Aguardem a Divulgação.

A gravadora e editora musical Paulinas - COMEP (Comunicação Musical Editora Paulinas) faz parte do grupo Paulinas, que compreende a Editora de livros e revistas (“Família Cristã” e “Diálogo”), bem como produção de programas de rádio e televisão. Dentre os artistas católicos que já gravaram ou ainda gravam estão: Pe Fábio de Mello, Pe Reginaldo Carreira, Walmir Alencar, Adriana, Ziza Fernandes, Pe Zezinho, Ítalo Villar, Pe Joãozinho, Cantores de Deus, Vida Reluz e outros.

Evangelho do domingo: observador de aparências


OVIEDO, sexta-feira, 27 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - Apresentamos a meditação escrita por Dom Jesús Sanz Montes, OFM, arcebispo de Oviedo, administrador apostólico de Huesca e Jaca, sobre o Evangelho deste domingo (Lucas 14, 1.7-14), 22º do Tempo Comum.

* * *

Jesus não prestava atenção somente nos lírios do campo, nos pássaros do céu, mas também era um profundo observador da conduta humana: das crianças simples e sem falsidade, das viúvas que oferecem tudo o que têm, dos pecadores que, no fundo, têm um coração aberto ao perdão e ao arrependimento... E também prestará atenção nos aparentes, nos que caminham pela vida da propaganda e da etiqueta.

Jesus foi convidado à casa de um dos fariseus num sábado. Tanto Ele como os outros, todos observavam mutuamente aquele convite. O que Jesus viu? Que as pessoas procuravam se sentar nos primeiros lugares, para sair na foto da sociedade do lugar, para estar na boca do povo e sentir-se na passarela da influência e do renome.

Jesus falará sempre da verdade, pela verdade morrerá, da verdade se autodefinirá. Jamais a partir da aparência. Porque a aparência é sempre uma mentira, mais ou menos camuflada, mais ou menos procurada e querida. Ser o que no fundo não se é, aparentar e passar a perna, usar máscaras, viver num eterno carnaval. Uma pessoa assim, que vive a vida com sua fantasia particular (pouco importa se tal fantasia é ideológica, cultural, econômica ou inclusive religiosa), é uma pessoa vendida a si mesma, às suas pretensões; uma pessoa escrava das suas próprias correntes, e por isso inábil para a liberdade e para a simplicidade.

"Quando tu fores convidado para uma festa de casamento, não ocupes o primeiro lugar" ( Lc 14, 8). Não só pelo mal-estar que pode supor depois o fato de o anfitrião tirá-lo do seu podium e devolver-lhe à sua crua realidade, mas porque quem tem pretensões indevidas, quem vai como "capa de revista", é difícil que compreenda sua dignidade e a dos demais, quando tão ocupado está com sua aparência.

São Francisco dirá isso com sua proverbial simplicidade: "Somos o que somos diante de Deus e não mais" (Admoestação 19). Só quem experimentou a liberdade de ser e de querer ser o que somos aos olhos de Deus, somente esse pode entender Jesus. São os olhos do Senhor que nos guiam na senda verdadeira, que nos conduzem a reempreender o caminho sempre que nos cansamos de andar, que nos desviam quando nossos passos se torcem, que se tornam luz e graça para caminhar. Os olhos de Deus não enganam nunca, não humilham jamais, iluminam sem cegar. Feliz quem vive assim, simplesmente, porque experimentará o que é viver na paz, na liberdade, sem ansiedades devoradoras, sem poses hipócritas, sem truques fictícios... Sendo quem somos diante de nós mesmos e diante dos outros, o que somos diante de Deus.

Jaques Wagner tem 49% das intenções de voto na Bahia, diz Ibope

O candidato do PT ao governo da Bahia, Jaques Wagner, tem 49% das intenções de voto, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (27). Paulo Souto (DEM) aparece com 18% e Geddel Vieira Lima (PMDB), com 12%. Os resultados da pesquisa são:

O Ibope também pesquisou a avaliação do governador, que concorre à reeleição. Entre os entrevistados, 51% consideraram ótimo ou bom o governo de Jaques Wagner. A avaliação regular foi apontada por 32%, enquanto 12% consideraram a administração ruim ou péssima. Outros 6% não souberam responder ou não opinaram.

Senado
A pesquisa também levantou as preferências dos eleitores entre os candidatos ao Senado. Os resultados foram:

A pesquisa foi contratada pela TV Bahia. O levantamento está registrado no TRE-BA sob o protocolo número 32158/2010 e no TSE sob o número 25722/2010.

Foram feitas 1008 entrevistas entre terça-feira (24) e quinta-feira (26). A margem de erro estimada é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Cantora Adrielle Lopes, Um Exemplo De Vida


Nascida na cidade de Caratinga-Mg à cantora, compositora e estudante de jornalismo Adrielle Lopes, desde muito pequena participava de trabalhos de evangelização relacionados à música. Comunicativa por natureza Adrielle Lopes se destacou no meio por ter uma grande presença de palco, pois aos três anos de idade começou a tocar piano e teclado, mas depois de algum tempo descobriu que seu dom era mesmo o de cantar.

Com apenas 15 anos de idade, Adrielle Lopes lança seu 1ºCd intitulado “FAÇA-SE” no ano de 2004, com participações especiais de Duany Lopes (irmão da cantora) e Dalvimar Gallo. Uma produção independente com a mistura pop, louvor e adoração sendo todas as canções de sua autoria. No ano seguinte Adrielle Lopes teve a oportunidade e a graça de se descobrir nos meios de comunicação, se tornando a apresentadora oficial do programa Fala Prefeito transmitido pela TV Canção Nova.

Em 2006 Adrielle Lopes se vê frente a um novo desafio, morar na cidade de São José dos Campos – SP onde deu inicio a faculdade de jornalismo (UNIVAP) e concretizou o sonho de obter a sua própria produtora, hoje conhecida como ALP (Adrielle Lopes Produções). Ao sentir cada vez mais a essência de Deus em seu ministério, no final de 2007 sai às lojas o Cd
“PERSEVERAR”, contando com as participações de grandes amigos como a de seu irmão: Duany Lopes, Marcelo Duarte (Anjos de Resgate), Tchelão (The Flander’s), Padre Fábio de Melo e Kiko (Roupa Nova), pessoas que apóiam Adrielle Lopes desde o inicio, acreditando em seu potencial, na sua espiritualidade e na graça de Deus em seu chamado a evangelizar. Assim como estes, Deus colocou em teu caminho a TV Século 21 por intermédio do diretor Sílvio Luiz Brito, que deu a Adrielle Lopes a imensa alegria de ser uma das apresentadoras do programa MADRUGADA DE BENÇÃOS, oferecendo a mesma a oportunidade de se aperfeiçoar como profissional da comunicação.

No ano de 2008 juntamente com a sua produção e o seu diretor espiritual, Adrielle Lopes dá inicio ao “Projeto Salmos Cantados”, que se consiste em produzir e gravar todos os salmos dominicais dos anos litúrgicos A, B e C. Uma coleção de 12cd’s que serão concluídos no ano de 2010.

Adrielle Lopes não para! Cada dia num lugar diferente em diversas formas a evangelizar! “Ninguém te despreze por seres jovem. Ao contrário, torna-te modelo para os fiéis, no modo de falar e de viver, na caridade, na fé, na castidade.”(I Tim 4,12).

E é com esta proposta que no ano de 2009 partilhando a graça do projeto Point 21e lançando uma coletânea denominada Perfil de músicas autorais que marcam sua história, que Adrielle Lopes pretende seguir reafirmando sempre: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra”.

Que assim seja! Por meio dos show’s, cd’s, pregações, composições, artigos e meios de comunicação (jornais, revistas, rádios e TVs)

Amém!

Papa felicita primeiro-ministro britânico por seu 4º filho


LONDRES, quinta-feira, 26 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - Bento XVI enviou uma mensagem do primeiro-ministro britânico, David Cameron, e à sua esposa para felicitá-los pelo nascimento do seu 4º filho.

"O Santo Padre se compraz com a notícia do nascimento da filha do primeiro-ministro, David Cameron, e sua esposa Samantha, e lhes envia suas felicitações", diz a nota, divulgada ontem pela Conferência Episcopal da Inglaterra e Gales.

Samantha Cameron, de 39 anos, deu à luz na última terça-feira, enquanto a família estava de férias na região de Cornualles. O filho maior do casal, Ivan, morreu no ano passado, aos 6 anos, por complicações relacionadas à paralisia cerebral e epilepsia severa. Eles têm outros 2 filhos: Nancy, de 6 anos, e Arthur, de 4.

O novo membro da família recebeu o nome de Florence Rose Endellion.

Endellion é um nome tradicional de Cornualles, que deriva de Santa Endelienta, nascida por volta de 470, e que é considerava uma das filhas de São Brychan, rei de Brycheiniog. Endelienta evangelizou o norte de Cornualles e dela se diz que levava uma vida muito austera.

Bento XVI: cristãos devem ser reflexo do amor de Deus


BUENOS AIRES, quinta-feira, 26 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - Os cristãos estão chamados a "amar a todos com o mesmo amor com que Deus nos ama, manifestando assim que a caridade deve ser o sinal distintivo da sua vida".

Esta é a mensagem de Bento XVI aos fiéis argentinos por ocasião da coleta nacional "Mais por Menos", que chega este ano à sua 44ª edição. A carta foi enviada por meio do secretário de Estado, cardeal Tarcisio Bertone, e publicada no L'Osservatore Romano.

O Papa convida os católicos do país a participarem com generosidade da iniciativa, uma grande "obra que busca ajudar os menos favorecidos e pedir a solidariedade".

O Pontífice exorta os crentes a "cultivarem cada dia a escuta da Palavra divina, a oração perseverante, a participação assídua nos sacramentos e a união fraterna, como alimento de uma caridade cada vez mais intensa e para dar vida nova aos valores universais da convivência humana".

A coleta "Mais por Menos" é promovida pela comissão episcopal para a ajuda às regiões mais carentes da Argentina.

A edição deste ano está centrada no tema "Construiremos uma história sem excluídos" e será realizada nos dias 11 e 12 de setembro, em todas as paróquias do país.

Os fundos recolhidos na campanha serão distribuídos entre 25 dioceses especialmente necessitadas, subdivididas em 5 níveis de prioridade, nos quais se concentram as intervenções de ajuda a favor da infância.

Em concreto, o dinheiro se destina à construção de alojamentos e refeitórios comunitários, e a favorecer a abertura de pequenas empresas que possam oferecer oportunidades de emprego aos jovens.

Segundo explica L'Osservatore Romano, o bispo de Goya e membro da comissão revelou que a campanha do ano passado registrou um aumento de 35% com relação à do ano anterior. Foi arrecadado 1,7 milhão de euros, depois distribuído entre as 25 dioceses em dificuldade.

"A coleta ‘Mais por Menos' - destacou o prelado - não é a solução para a pobreza; é um bom meio para ir diminuindo a distância entre a realidade e este desafio histórico; meio concreto, eficaz, ao alcance de todos."

Outra iniciativa caritativa promovida pela Igreja na Argentina, que o próprio Papa apoiou, foi o Dia Nacional da Pontifícia Obra da Infância e Adolescência Missionária, realizada no domingo, 22 de agosto, em todas as igrejas do país.

O Dia esteve inserido no mês missionário, dirigido a sensibilizar os jovens e crianças na solidariedade frente aos seus contemporâneos mais carentes. O tema escolhido para este ano foi "Por Asia y el mundo entero, cada día misioneros".

Para a ocasião, Bento XVI enviou uma mensagem com o desejo de "que o dia de oração e reflexão contribua eficazmente para a renovação da fé e da vida cristã, de maneira que o zelo missionário, especialmente nos jovens e nas crianças, floresça no âmbito da diocese e desperte no coração de cada membro das igrejas locais o desejo de compartilhar a missão perene, que Cristo confiou à Igreja, de anunciar o Evangelho ao mundo inteiro".

Fonte Nova será demolida domingo


Salvador, 26/08/2010 - Com a implosão do anel superior do estádio da Fonte Nova no próximo domingo (29/08), a Bahia cumpre mais uma etapa visando o inicio da construção da Arena Fonte Nova, que vai sediar jogos da Copa do Mundo Fifa 2014. A ação está programada para as 10h e deve durar de 10 a 17 segundos. As informações sobre a implosão foram detalhadas nesta terça-feira (24/08), no Hotel Golden Tulip, Rio Vermelho, durante entrevista coletiva.

Para garantir a segurança de quem reside ou desenvolve alguma atividade profissional no entorno da área, foi preparado um plano de evacuação. A engenheira civil Diana Paes, do Consórcio Arena Salvador 2014, explica que estão sendo adotadas diversas medidas, entre as quais, a retirada de 2.467 pessoas, entre moradores e comerciantes.

No total, 962 imóveis do Jardim Baiano, Avenida Joana Angélica e Brotas serão evacuados a partir das 7h do domingo. O retorno às casas deve ocorrer na mesma data a partir das 12h. Para receber os moradores, foi criado um centro de convivência que funcionará, no Colégio Central (Avenida Joana Angélica), no dia da implosão.

Apoio da Polícia Militar
A ação terá apoio da Polícia Militar com o objetivo de manter as pessoas afastadas das áreas de risco próximas do estádio. Segundo o tenente-coronel da PM, Sergio Baqueiro, o isolamento será feito em todo o perímetro de segurança da Fonte Nova, onde estarão atuando 928 PMs, entre soldados e bombeiros, utilizando 15 viaturas, 28 motocicletas, um helicóptero do Graer e duas viaturas do Corpo de Bombeiros.

Também haverá botes de salvamento, que ficarão no Dique do Tororó e grupos de socorros pré-hospitalares. “Todos esses equipamentos são para garantir o apoio necessário a este tipo de evacuação. Recomendamos que a população não vá ao local a fim de evitar qualquer tipo de acidente”, alerta o tenente-coronel.

A polícia também vai apoiar a Transalvador na retirada dos veículos que estiverem estacionados em ruas próximas ao estádio. A remoção dos veículos vai ocorrer a partir da 0 hora de domingo. Além da PM participarão da operação a Defesa Civil, Guarda Municipal, Transalvador e Salvamar.

Veículos vão ser retirados das ruas

A partir da 0 hora de domingo, dia da implosão, todos os veículos deverão ser retirados das ruas Prof. Hugo Baltazar da Silveira, Arquimedes Gonçalves (trecho entre a Avenida Joana Angélica e Rua Pedro Américo), Profª. Anfrísia Santiago, Rua da Telebahia, Boulevard América (trecho do imóvel nº 709 à Rua Hugo Baltazar), Ladeira da Fonte das Pedras, Santa Clara do Desterro (até nº 93), Avenida Joana Angélica (frente ao Bompreço), Rua Cova da Onça e Avenidas Lucas, Vila Neuza, Presidente Costa e Silva, Vasco da Gama e Vila Santos de Baixo.


Providências para redução de riscos

O diretor do consórcio Arena Salvador, Alexandre Chiavegato, explica que o projeto para implosão foi elaborado levando em consideração os limites de vibração toleráveis pelos imóveis históricos e mais críticos, localizados no entorno do estádio.

Foram contratadas duas empresas que estão entre as melhores do ramo de demolições e implosões no Brasil e no mundo: a brasileira Arcoenge Engenharia e a americana Controlled Demolition Inc., (CDI), que irá cuidar do controle de qualidade da operação.

Os 138 pilares da Fonte Nova (que foram perfurados e serão carregados com explosivos) estão sendo revestidos por tela metálica e manta de geotêxtil ultra-resistente, o que reduzirá a projeção de materiais para o entorno.

Projeto arquitetônico

O projeto arquitetônico da Arena Fonte Nova preservará o formato de ferradura, com abertura para o Dique do Tororó, e transformará o antigo estádio em arena multiuso. A Arena Fonte Nova terá espaço para eventos relacionados ao futebol, além de shows de porte internacional, congressos e encontros de negócios.

O secretário extraordinário para Assuntos da Copa 2014, Ney Campello, explica que as obras de construção da arena Fonte Nova começarão ainda este ano, após assinatura do contrato de financiamento com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A arena terá capacidade para 50.433 pessoas com assentos cobertos, 70 camarotes (existem condições para construção de mais 30), restaurante panorâmico e 1.978 vagas de estacionamento. A estrutura abrigará também sala de imprensa, 39 quiosques, 12 elevadores, 81 sanitários, museu do futebol, lojas e um centro de negócios.

Maracanã fecha no próximo dia 8 para obras da Copa 2014


O Maracanã já tem data para ser fechado para as obras de reforma para a Copa do Mundo de 2014: 8 de setembro. Depois de Flamengo x Atlético-MG, na noite desta quinta-feira, o estádio receberá apenas mais três jogos, todos do Campeonato Brasileiro: Fluminense x São Paulo (no próximo domingo), Fluminense x Palmeiras (1º de setembro) e Flamengo x Santos (5 de setembro).

Para o returno do Brasileirão, que começa no próprio dia 8, Flamengo e Fluminense terão que encontrar um novo local para mandar seus jogos. No dia de fechamento do estádio, o Tricolor carioca enfrenta o Ceará, pela 20ª rodada. E terá que disputar a partida em um outro estádio.

Em comunicado divulgado em seu site, a CBF afirma que a decisão de fechar o estádio antes do início do returno do Nacional, além de buscar cumprir o cronograma acertado com a Fifa, procura evitar benefícios a um determinado clube.

- Esta deliberação tem por escopo, também, manter a igualdade de condições entre os clubes participantes do Campeonato, que poderiam ser prejudicados caso a interdição do uso do estádio ocorresse no meio do returno - afirma o comunicado, também assinado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.

As entidades alegam também um aspecto de segurança para não realizar partidas em um estádio com capacidade reduzida.

- (...) A forçosa diminuição da capacidade do estádio, numa fase do Campeonato que habitualmente desperta maior interesse do público, poderia levar a uma situação crítica, pela falta de ingressos que satisfizessem o natural aumento da demanda.

Na última terça-feira, dois dias após o clássico entre Vasco e Fluminense, assistido por 80 mil pessoas, o estádio foi parcialmente interditado. As cadeiras comuns, localizadas no anel inferior do Maracanã, começaram a ser retiradas. Ingressos para o setor não foram vendidos para a partida entre Flamengo x Atlético-MG. O mesmo vai ocorrer para os três jogos restantes. O total de bilhetes colocados à venda para o jogo desta quinta foi de 39.512.

Apesar dos seguidos atrasos no início das obras, o governo do Estado do Rio de Janeiro mantém a previsão de que a reforma será concluída em dezembro de 2012, a tempo do estádio receber jogos da Copa das Confederações do ano seguinte.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Dilma ultrapassa Serra em SP, RS e PR, segundo Datafolha


A pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (26) mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, já supera também José Serra em São Paulo, estado governado por ele até abril e por tucanos há 16 anos, no Rio Grande do Sul e no Paraná, antes redutos de Serra.

No estado de São Paulo, Dilma saiu de 34% na semana passada e agora está com 41%. O ex-governador caiu de 41% para 36%. Na capital paulista, governada por Gilberto Kassab (DEM), aliado de Serra, ela tem 41% e Serra, 35%.

No Rio Grande do Sul, a petista saiu de 35% e foi a 43%. Já Serra caiu de 43% para 39% entre os gaúchos.

No Paraná, Dilma saiu de 34% para 43%, enquanto o tucano caiu de 41% para 34%. Mas na capital Curitiba, Serra tem vantagem e registra 40% contra 31% de sua adversária direta.

Em outros estados, como no Rio de Janeiro, Dilma ampliou a vantagem e subiu de 41% para 46%, enquanto Serra caiu de 25% para 23%. Na Bahia, ela subiu de 48% para 60% e Serra caiu de 26% para 22%. Em Minas Gerais a petista passou de 41% para 48% e Serra de 34% para 29%. Em Pernambuco, Dilma subiu de 55% para 62% e Serra passou de 22% para 21%. No Distrito Federal, ela subiu de 40% para 44% e Serra caiu de 27% para 25%.

A pesquisa mostra Dilma Rousseff com 49% das intenções de voto no país, contra 29% de Serra. A candidata do PV, Marina Silva, obtém 9% no levantamento.

Dos demais candidatos (Plínio, PSOL, Zé Maria, PSTU, Eymael, PSDC, Rui Costa Pimenta, PCO, Ivan Pinheiro, PCB, e Levy Fidelix, PRTB), nenhum atingiu 1% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizam 4% e os que não sabem, 8%.

Regiões
Dilma lidera nas intenções de voto em todas a regiões. No Sudeste ela aparece com 44%, Serra aparece com 32% e Marina com 11%. No Sul, a petista tem 43%, o tucano tem 36% e Marina tem 7%. No Nordeste, Dilma aparece com 60%, Serra com 21% e Marina com 6%. No Norte e Centro-Oeste, ela tem 50%, Serra tem 29% e Marina tem 8%.

Votos válidos
Considerando apenas os votos válidos, ou seja, descontando brancos e nulos, a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta afirma que Dilma alcança 55%, o que seria suficiente para elegê-la já no primeiro turno. Serra fica com 33%, e Marina, com 10%.

Na pesquisa anterior, a taxas de Dilma, Serra e Marina eram de 54%, 34% e 10%, respectivamente.

Segundo turno
De acordo com o Datafolha, num eventual segundo turno entre Dilma e Serra, a petista teria 55% e o tucano, 36%. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 53% das intenções de voto, e Serra, 39%.

A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Levando em consideração a margem de erro, Dilma pode ter entre 47% e 51%, Serra, entre 27% e 31%, e Marina, entre 7% e 11%.

O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo". Foram realizadas 10.948 entrevistas em 385 municípios entre segunda-feira (23) e terça-feira (24). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 25.473/2010.

Na pesquisa anterior do Datafolha, feita no dia 20 deste mês, Dilma teve 47%, Serra, 30%, e Marina, 9%.

STF concede liminar liberando sátiras a políticos em campanha

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Ayres Britto concedeu nesta quinta-feira (26) liminar que libera a veiculação de sátiras e manifestações de humor contra políticos durante as eleições.

A liminar foi pedida pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), que ajuizou nesta quarta-feira (25), ação questionando o artigo 45 da Lei das Eleições, segundo a qual "é vedado às emissoras de rádio e televisão, em sua programação normal e noticiário usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito".

No último domingo (22), humoristas se reuniram na Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, para protestar contra uma lei eleitoral que proíbe as manifestações de humor contra candidatos durante o período de campanha eleitoral (veja vídeo acima.)

O ministro suspendeu a eficácia do artigo e determinou que as manifestações de humor contra políticos podem ser consideradas irregulares depois de sua veiculação, caso sejam questionadas na Justiça Eleitoral. A decisão de Ayres Britto foi baseada em julgamento anterior, em que a corte decidiu que a liberdade de informar deve ser irrestrita.

Britto não analisou na decisão liminar o mérito da ação apresentada pela Abert , o que deverá ser feito pelo plenário do STF.

Na ação, que questiona a norma, a Abert argumenta que a lei gera "efeito silenciador" e obriga as emissoras a evitar a divulgação de temas políticos polêmicos para não serem acusadas de "difundir opinião contrária ou favorável a determinado candidato".

"Esses dispositivos inviabilizam a veiculação de sátiras, charges e programas humorísticos envolvendo questões ou personagens políticos durante o período eleitoral. As liberdades de manifestação do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação constituem garantias tão caras à democracia quanto o próprio sufrágio", afirma a entidade na ação.

Ao final da sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na noite desta quinta, o presidente da corte, Ricardo Lewandowski, informou aos ministros a decisão tomada pelo STF.

Fonte "G1.com"

Ziza Fernandes, Um exemplo de vida


Ziza Fernandes, nascida e criada no Paraná, desde muito cedo expressa seu interesse pela arte, talento herdado do pai.

Ainda menina começa a estudar piano e, acaba descobrindo uma maneira especial de falar com Deus através da música. Nos finais de semana acompanha as Irmãs do colégio onde estuda para tocar teclado nos retiros. Já adolescente começa a participar dos acampamentos e retiros com o Projeto Evangelização 2000, atuando sempre como musicista.

Nos anos 1993 e 1994, é tecladista de uma banda católica de Franca - SP, chamada Banda Taus. Ainda que com medo das coisas que Deus lhe propõe, segue dando passos e se lançando nessa maravilhosa aventura de dizer sim a Deus nas pequenas e grandes coisas.

Em 1995, impulsionada por seus amigos, decide gravar seu primeiro CD chamado “Mais que os pássaros”, uma produção independente e um salto na fé. Com o álbum, aumentam os shows por todo o país, e com isso a missão.

Nesse mesmo ano, Ziza Fernandes se muda para Curitiba- PR e começa a fazer faculdade de Musicoterapia. Para poder se manter na capital paranaense, começa a trabalhar no Grupo Vocal Brasileirão, onde aprende muito sobre música e toda parte técnica de um show.
Em 1998 se forma na faculdade e recebe o título de musicoterapeuta.

Em 1999 Ziza Fernandes entra na gravadora Paulinas- COMEP e em maio desse ano lança seu segundo CD intitulado “Volta pra Casa”, ano em que funda a comunidade de aliança Mãe da Ternura juntamente com mais cinco jovens.

No ano de 2000, Ziza Fernandes, grava seu primeiro trabalho em espanhol, intitulado “Cantaré”, devido à necessidade de atender seu público cada vez maior na América Latina.

Em 2001 sai seu quarto CD, também pela gravadora Paulinas-COMEP, intitulado “Bem simples”. Um apelo do coração de Deus a todos que escutarem essas músicas; um chamado à simplicidade, a ter o coração manso e humilde como o de Jesus. Ainda em 2001, Ziza participa da turnê internacional dos “Enredados” com grandes nomes da música católica como Martín Valverde, Eugênio Jorge, Daniel Poli, Migueli. Dessa turnê resulta o CD “Enredados, la gira”, uma co-produção de Producciones Dynamis e Paulinas-COMEP. A turnê Enredados se repete no Brasil em junho de 2002 e setembro de 2003.

Em 2002 a cantora lança pela produtora, hoje da Comunidade Mãe da Ternura, a Madreterna Produções, um CD temático, exclusivamente de oração, intitulado “Meu Tudo”. Nesse mesmo ano, realiza um grande sonho, cantar para o Papa. Tal fato acontece em Toronto, no Canadá, em julho de 2002, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude com o Papa. A vida missionária se torna cada vez mais intensa dentro e fora do país.

Em 2003, Ziza Fernandes grava, na Paulinas – COMEP, seu mais novo CD, intitulado "Essência", lançado em janeiro de 2004. Ainda em 2003 assume a direção da Madreterna Escola de Música e Arte, cuja missão é dar formação técnica, humana e espiritual aos alunos, a partir do carisma da Comunidade Mãe da Ternura; além de ser fundadora e formadora dessa comunidade.

Esta é a biografia de Ziza Fernandes, que pela graça de Deus se tornou uma profeta, pregando e cantando, buscando sempre levar consigo a coragem e a ternura de Maria, assim como o olhar de pureza e a simplicidade do menino Jesus. Exatamente como o ícone de sua Comunidade.

Igreja não encobriu sacerdote envolvido em massacre do IRA


ARMAGH, quarta-feira, 25 de agosto de 2010 (ZENIT.org) – A Igreja nunca encobriu o sacerdote James Chesney em seu suposto envolvimento no atentado de Claudy (Londonderry) nos anos setenta, nem se opôs a que ele fosse detido ou interrogado pelo episódio, ainda que isso não tenha ocorrido.

É o que afirma o cardeal Sean Brady, arcebispo de Armagh e primaz da Irlanda, e Dom Seamus Hegarty, bispo de Derry, em comunicado conjunto publicado nessa terça-feira, em resposta a um relatório da polícia da Irlanda do Norte, em que se mostram as conclusões das novas investigações sobre o caso Claudy.

Em 31 de julho de 1972, três carros bomba explodiram na rua principal de Claudy, um pequeno povoado de cerca de mil habitantes no município de Londonderry (Irlanda do Norte). Morreram 9 pessoas, entre elas uma criança de nove anos, e várias pessoas ficaram feridas.

Ainda que nenhum grupo paramilitar reivindicasse a autoria do atentado, suspeitou-se desde o início do IRA. Segundo o comunicado publicado pela polícia da Irlanda do Norte (RUC), o padre James Chesney, então pároco em Cullion, estava diretamente envolvido no massacre, e foi considerado suspeito, ainda que nunca tenha sido interrogado pela polícia.

Ele foi interrogado, no entanto, pelo então bispo de Derry, Dom Neil Farren, e por seu sucessor, Dom Edward Daly, e em ambos casos o sacerdote negou sua participação nos fatos. Também foi informado ao cardeal William Conway, então arcebispo de Armagh.

Em 1978, decidiram transferir Chesney para uma paróquia do município de Donegal, onde ele faleceu dois anos depois.

Em seu comunicado de ontem, os bispos afirmam que a Igreja nunca encobriu este caso, mas o episódio “deveria ter sido devidamente investigado e resolvido durante a vida de Pe. Chesney”. Segundo a nota, “havia suficientes provas que o vinculavam à atividade criminosa; ele deveria ter sido interrogado e detido na primeira oportunidade, como qualquer outra pessoa”.

O comunicado cita uma das passagens do próprio relatório policial, o qual afirma que “no que se refere ao papel da Igreja Católica, quando foi informada sobre as preocupações sobre um de seus sacerdotes, interrogaram o Pe. Chesney sobre suas atividades alegadas, as quais ele negou. No decorrer da investigação, a RUC não encontrou provas de intenção criminosa por parte de nenhum representante da Igreja (6.24)”.

A Igreja, posteriormente, “informou o Estado sobre os resultados do interrogatório do Pe. Chesney sobre suas atitudes. As ações do cardeal Conway ou qualquer outra autoridade da Igreja não impediram a possibilidade da detenção e do posterior interrogatório de Chesney”, afirma o comunicado dos bispos.

Como reconhece o próprio relatório da RUC, “o Pe. Chesney, até o momento de sua morte, em 1980, ‘viajava regularmente pela fronteira, mas nunca foi detido ou interrogado, nem a RUC investigou a fundo em relação com os atentados de Claudy ou outras atividades terroristas’ (6.12)”.

Naqueles difíceis anos, recordam os bispos, “a Igreja Católica, junto com outras Igrejas da Irlanda do Norte, foi constante em sua condenação do mal da violência”. Por isso, afirmam que “é impactante que um sacerdote seja suspeito de envolvimento na violência”.

Descobrir a verdade

Os bispos pedem também aos fiéis que colaborem no esclarecimento da autoria do atentado, e afirmam que a informação que a Igreja tinha sobre Pe. Chesney está em poder da polícia.

O atentado de Clady “foi um crime horrendo”, destaca a nota. “Não podemos esquecer o terrível sacrifício humano desta atrocidade. Nove pessoas morreram, incluindo crianças. Muitos se feriram.

“O Pe. Chesney morreu e, como suspeito do atentado de Claudy, está além da justiça dos tribunais humanos. Está claro que houve mais pessoas envolvidas no planejamento e realização desta terrível atrocidade, e alguns deles devem ainda estar vivos.”

Os prelados afirmam que as vítimas “têm direito de saber a verdade” e por isso convocam “qualquer um que tenha informações em relação a este horrível crime a que entreguem à Polícia da Irlanda do Norte”.

“Somente com honra e valentia poderemos enfrentar como comunidade estes casos dolorosos e fazer todo possível para garantir que com as terríveis lições do passado se aprenda algo e não deixe que se repepita”, conclui a declaração.

Papa volta a falar de Agostinho, seu santo preferido


CASTEL GANDOLFO, quarta-feira, 25 de agosto de 2010 (ZENIT.org) – A poucos dias da data em que a Igreja Católica celebra a memória de Santo Agostinho e sua mãe, Santa Mônica, Bento XVI voltou a dedicar-lhe uma catequese, durante a audiência geral celebrada nesta quarta-feira na residência de Castel Gandolfo.

O Papa reconheceu junto aos peregrinos, muitos dos quais não puderam aceder ao pátio interior por falta de espaço, sua predileção pelo santo bispo de Hipona, ao lado de São José e São Bento, de quem leva o nome.

“Santo Agostinho, que tive o grande dom de conhecer, por assim dizer, muito de perto, através do estudo e da oração”, tornou-se “um bom ‘companheiro de viagem’ na minha vida e no meu ministério”, disse.

Esse santo “um homem que nunca viveu com superficialidade; a sede, a busca inquieta e constante da Verdade é uma das características fundamentais de sua existência”.

“Não, porém, das ‘pseudo verdades’ incapazes de levar paz duradoura ao coração, mas daquela Verdade que dá sentido à existência e é “a morada” em que o coração encontra serenidade e alegria.”

O caminho de vida de Agostinho, recordou o Papa, “não foi fácil, nós sabemos: pensava em encontrar a Verdade no prestígio, na carreira, na posse das coisas, nas vozes que lhe prometiam felicidade imediata”.

Ele “cometeu erros, atravessou a tristeza, enfrentou insucessos, mas nunca parou, nunca se satisfez com aquilo que lhe dava apenas um vislumbre de luz; soube perscrutar o íntimo de si e percebeu, como escreve nas Confissões, que aquela Verdade, que o Deus que buscava com suas próprias forças era mais íntimo de si que ele próprio”.

Segundo Bento XVI, “Santo Agostinho compreendeu, em sua busca inquieta, que não era ele quem havia encontrado a Verdade, mas a própria Verdade, que é Deus, tinha-o buscado e encontrado”.

Bento XVI citou uma virtude de Agostinho como exemplo para os homens e mulheres de hoje: a capacidade de fazer silêncio.

Trata-se de “uma ideia fundamental no caminho para a Verdade: as criaturas devem silenciar, deve prevalecer o silêncio, em que Deus pode falar”.

“Isso é verdade ainda mais em nosso tempo: há uma espécie de medo do silêncio, do recolhimento, do pensar as próprias ações, do sentido profundo da própria vida, frequentemente se prefere viver o momento fugaz, iludindo-se de que traz felicidade duradoura, prefere-se viver assim pois parece mais fácil, com superficialidade, sem pensar; há medo de buscar a Verdade ou talvez haja medo de que a Verdade seja encontrada, que agarre e mude a vida, como aconteceu com Santo Agostinho.”

Na companhia dos santos

Seguindo a trilha de Santo Agostinho, o Papa convidou todos, também “os que vivem um momento de dificuldade no seu caminho de fé, os que participam pouco da vida da Igreja ou os que vivem ‘como se Deus não existisse’”, a que “não tenham medo da Verdade, não interrompam o caminho para ela, não deixem de buscar a verdade profunda sobre si e sobre as coisas, com os olhos interiores do coração”.

“Deus não falhará em oferecer a Luz para fazer ver e Calor para fazer sentir, ao coração que ama e que deseja ser amado”, afirmou.

Por outro lado, da mesma forma que Santo Agostinho o acompanhou em sua vida pessoal, o Papa propôs aos presentes que encontrem seu “santo companheiro” de viagem na vida.

“Todos devem ter algum santo que lhe seja familiar, para senti-lo próximo por meio da oração e intercessão, mas também para imitá-lo”, disse.

“Gostaria de convidar, então, a um maior conhecimento dos Santos, começando por aquele de quem se leva o nome, lendo sua vida, seus escritos. Tenham certeza de que eles se tornarão bons guias para amar ainda mais o Senhor e uma válida ajuda para o crescimento humano e cristão.”

Avião faz pouso de barriga em Vitória da Conquista na Bahia


Uma aeronave fabricada pela Embraer da empresa Passaredo Linhas Aéreas fez um pouso de barriga no aeroporto de Vitória da Conquista, na Bahia, na tarde desta quarta-feira (25). Segundo a assessoria de imprensa, uma das turbinas do avião pegou fogo.

De acordo com nota divulgada pela empresa, o avião partiu do aeroporto de Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, com 27 pessoas a bordo. Ninguém ficou ferido.

A empresa informa que técnicos já foram encaminhados ao aeroporto para analisar o que ocorreu com a aeronave.

A Embraer informou que a ocorrência será investigada pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Fonte "G1.com"

Professores da rede estadual fazem paralisação Aqui na Bahia


Os professores reivindicam ressarcimento de 10,8% nos salários, referentes a perdas ocorridas durante o processo de criação da Unidade Real de Valor (URV), na transição do cruzeiro para o real, em 1994.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), professores fizeram uma manifestação em frente ao fórum Ruy Barbosa, em Salvador. Essas paralisações de 24 horas da categoria ocorrem, mensalmente, desde março.

Segundo a Procuradoria Geral do Estado, o pagamento das diferenças decorrentes da conversão aos servidores do poder executivo depende de julgamento final sobre Recurso Extraordinário interposto em 2004 no Supremo Tribunal Federal (STF).

A última decisão foi dada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) acerca de outro recurso, também, impetrado em 2004. De acordo com a procuradoria, o Estado aguarda definição final sobre a questão. O processo estava sob responsabilidade do ministro Eros Grau, que se aposentou no início do mês. Com isso, a procuradoria aguarda a substituição do ministro.

A Secretaria de Educação da Bahia afirmou que as escolas estão funcionando parcialmente. Não há um balanço do número de professores que participam da paralisação.

Fonte "G1.com"

Para Marina, resultado obtido nas pesquisas é 'fantástico'


A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, disse nesta quarta-feira (25), em entrevista à rádio Gaúcha, considerar “fantástico” seu desempenho na campanha eleitoral.

Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto, Marina tem 8% dos votos e ocupa a terceira colocação na corrida presidencial, atrás dos candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).

“Essa estabilização nas pesquisas é uma coisa fabulosa. Com a pouca estrutura que eu tenho, com o pouco tempo de televisão, ter em torno de 10%, 8%, isso para mim é fantástico. Quando eu ando nas ruas eu sinto um acolhimento muito grande. Nós ainda temos 40 dias pela frente. Eu não tenho dúvida que o potencial de crescimento é enorme”, disse Marina.

Marina disse ser uma nova alternativa e que não representa a “velha visão de que, ou está tudo ruim e vamos jogar tudo na lata do lixo, ou está tudo perfeito e vamos continuar". Segundo ela, "o presidente Lula não precisa de um opositor ou de um continuador, ele precisa de um sucessor”.

Durante a entrevista, Marina defendeu a decisão do governo de limitar a compra de terras por empresas controladas por capital estrangeiro. “Não podemos comprometer nossos interesses e nossa soberania. Qualquer país tem uma política de proteção ao seu território. Somos uma economia aberta e não tem problema de fazer negócios e estimular o capital estrangeiro para o investimento correto de acordo com as regras do Brasil”.

Segundo ela, Europa, Estados Unidos e Japão dão tratamento semelhante ao investimento estrangeiro na compra de terras. “Isso não pode ser diferente em relação a nós”, afirmou. “É fundamental que se tenha um olhar cuidadoso. O litoral brasileiro está sendo privatizado, principalmente por investidores de Portugal e Espanha que se apropriam de nossas praias”, completou.

Impostos


A respeito da implementação de um novo imposto semelhante à Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) para financiar o sistema de saúde, Marina disse ser contra. “Nós já temos uma carga tributária muito forte, muito pesada. A nação brasileira já não aguenta mais pagar tanto tributo. E no caso, a CPMF acabou desgastada por desvio de finalidade”.

“Eu mesmo votei a favor da CPMF, mesmo contra decisão do meu partido à época, o PT, por entender que era necessário. Só que o dinheiro começou a ser utilizado para outras finalidades. Não dá para ficar falando em criação de tributos”, disse a candidata do PV.

Marina defendeu a regulamentação da emenda 29, que destina mais recursos para a Saúde. “A emenda foi aprovada e aguarda regulamentação. O que precisa hoje é a regulamentação. Infelizmente, o governo que tem oito anos e não regulamentou”. Ela defendeu ainda o programa Saúde da Família como forma de melhorar o atendimento à população.

Fonte "G1.com"

Emissoras de rádio e TV contestam lei que impede sátiras a políticos

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert) ajuizou nesta quarta-feira (25) ação no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando a legislação eleitoral, que proíbe a veiculação de sátiras e manifestações de humor contra políticos nos três meses que antecedem as eleições.

Na ação, a entidade argumenta que a lei gera “efeito silenciador” e obriga as emissoras a evitar a divulgação de temas políticos polêmicos para não serem acusadas de “difundir opinião contrária ou favorável a determinado candidato”.

“Esses dispositivos inviabilizam a veiculação de sátiras, charges e programas humorísticos envolvendo questões ou personagens políticos durante o período eleitoral. As liberdades de manifestação do pensamento, da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação constituem garantias tão caras à democracia quanto o próprio sufrágio”, afirma a entidade na ação.

A Abert pede ao relator da ação no STF, ministro Carlos Ayres Britto, a concessão de liminar para interromper os efeitos da legislação questionada. Segundo a entidade, as normas questionadas estão “impedindo o exercício amplo da liberdade de expressão”.

O artigo 45 da Lei das Eleições diz, no inciso 2, o seguinte: “A partir de 1º de julho do ano da eleição, é vedado às emissoras de rádio e televisão, em sua programação normal e noticiário usar trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, ou produzir ou veicular programa com esse efeito”.

Fonte "G1.com"

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Celina Borges, uma vida dedicada ao Senhor


Certa ocasião dirigi-me a uma loja de departamento, na seção dos discos católicos, e perguntei a atendente se ela tinha o CD de Celina Isaura Borges Denilli, ela fez uma carinha assustada e antes que ela respondesse retifiquei a pergunta se ela conhecia Celina Borges, eis que um largo sorriso surgiu em seu belo rosto e foi direto ao local e trouxe-me o que havia pedido.

Iniciei a matéria com essa observação só para registrar uma das maiores interpretes católicas que mais admiro: Celina Borges. Nascida em Belo Horizonte, em 30 de Outubro de 1964, filha de musicista, iniciou sua carreira musical com apenas 13 anos de idade, exercendo a função de professora de piano junto com sua mãe.

Aos vinte anos de idade, ingressando no movimento da Renovaçao Carismatica Catolica, iniciou sua carreira como animadora de grupos de oração e dirigente de ministério de música.

CAMINHADA

•No ano de 1996 lança seu primeiro CD, o "Deixe-me Nascer", sendo divulgado primeiramente em sua cidade, Belo Horizonte, passando depois para outros estados brasileiros.
•No ano de 1998, o CD "Chuva de Outono" é lançado, onde ela faz um trabalho missionário em Nova York e divulga por lá o seu segundo CD.
•No ano 2000 lança o CD "Tributo ao Grande Amor" e divulga o terceiro trabalho na Itália, onde faz um clipe para a música "Fé e Razão".
•No ano de 2003 é lançado o quarto CD da cantora: "Diamante Lapidado". Um dos mais vendidos CD's da mesma. CD que teve várias participações especiais como: Dom Alberto Taveira Corrêa, Pe. Roberto Lettieri, Pe. Jonas Abib e Pe. Fábio de Melo.
•Um ano depois, lança seu quinto CD, intitulado de "Backstage Intimidade", que é uma coletânea dos seus três primeiros CDs, que tem também uma música inédita.
Fez uma turnê em Portugal e em dezembro de 2005 lança seu sexto CD, o "Ânima". Que foi destaque na música católica com a canção "Derrama o Teu Amor Aqui" de autoria de Jorge Mongó.

Em 2008 acaba de lançar seu sétimo CD intitulado Alegria e Mística que perpassa pela história dos santos da Igreja, mostrando a possibilidade de intimidade com Deus mística. Este Cd possui uma qualidade musical inegualável.

TRABALHOS NA PRAÇA•Deixe-me Nascer (1996)
•Chuva de Outono (1998)
•Tributo ao Grande Amor (2000)
•Diamante Lapidado (2003)
•Backstage Intimidade (2004)
•Ânima (2006)
•Alegria e Mística (2008)

•Tudo Posso (2009)

CNBB impulsiona Projeto 1 Milhão de Bíblias


BRASÍLIA, terça-feira, 24 de agosto de 2010 (ZENIT.org) – O secretário geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Dimas Lara Barbosa, está em Abaetetuba (Pará, norte do país), para entregar kits do “Projeto 1 Milhão de Bíblias”.

Nesta terça-feira, o bispo visita a sede do Regional Norte 2 da CNBB (Pará e Amapá) para divulgar a campanha.

Desenvolvida em parceria com a Comissão para a Missão Continental no Brasil, a campanha faz parte do projeto “O Brasil na Missão Continental”, que tem por objetivo entregar kits (Bíblia Infantil, Catecismo, ABC da Bíblia) para todos que não têm condições de comprar.

O tema da campanha é "Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo" (Mt 28,19) e o lema "Discípulo e servidores da Palavra de Deus".

A arquidiocese de Belém e as demais dioceses do Regional Norte 2 fizeram levantamento a partir desse projeto de evangelização e apresentaram números de quantas Bíblias precisariam receber. Só na diocese de Abaetetuba, por exemplo, foram entregues dez mil, segundo informa a CNBB.

Segundo os organizadores do projeto, alguns Regionais da Conferência episcopal terão prioridade no atendimento para receber os kits. Trata-se de localidades no norte, nordeste e centro-oeste do Brasil. O Regional Nordeste 4 (Piauí), foi o primeiro a receber o projeto. A Campanha foi lançada no dia 6 de março deste ano, em Teresina.

OS 7 PECADOS CAPITAIS NAS ORGANIZAÇÕES


A IRA : Tem como sinônimos a raiva, a cólera, agressividade exagerada. Se pararmos para observar, encontraremos nas empresas várias cenas que ilustram esse pecado. As origens da ira podem ser por meticulosidade, por perfeccionismo ou até mesmo por desqualificar nossa capacidade de solucionar problemas bem como a importância desses problemas.
Basicamente a atitude mental que está por trás da ira é "quero destruir’ ou "eu quero e você deve". Como ficaria esta atitude em termos de gestão ? Como será o processo de tomada de decisão sob o impacto da ira ? Certamente o mais destrutível possível, com ranço de autoritarismo, desrespeito e baixo clima de confiança mútua entre o gestor e sua equipe.. Uma maneira de detectarmos a manifestação da ira é observar a destruição do patrimônio da empresa bem como a expressão facial das pessoas. Por baixo de toda ira quase sempre detectamos medo: de errar, de expressar-se de outra maneira,de perder espaço,etc. Ao invés de tremer as pessoas atacam para defender-se de seus fantasmas.

A GULA: No sentido literal, gula é o excesso no comer e beber,na sua simbologia maior significa voracidade.A característica da gula é engolir e não digerir.A gula pode ser entendida como gula intelectual inclusive, o sentido que está por trás da gula é o de estar funcionando abaixo das nossas , potencialidades.
A sensação é de que não estamos fazendo tudo que o nosso potencial permite, que estamos vivendo sem atender nossas expectativas.
A atitude mental básica é : necessito aprender tudo.
Um exemplo da gula nas organizações é quando compram-se equipamentos de última geração desnecessariamente ou quando os gestores centralizam o processo decisório e as informações visivelmente observado nas mesas cheias de papéis.
A gula vai influenciar tanto nos relacionamentos quanto na produtividade das pessoas.

A INVEJA: É o desgosto ou pesar pelos bens do outro, a dificuldade de admirar o outro, o sentimento de injustiça .O slogan que define a inveja é : Ele é mais do que eu, também quero" a inveja nos faz perder o contato com nossas reais possibilidades.
Nas organizações podemos entender quando não há apoio das chefias para determinados projetos, quando alguém tenta apagar o seu "brilho", vemos também a procrastinação e os processos de "fritura", geralmente quando o discurso é de um jeito e as ações não são coerentes com ele.
Esses pecados não são claros , não são declarados .
O que deixa a inveja bem caracterizada é a sua expressão pelo comportamento não verbal, o olhar, principalmente.
Não devemos confundir a competição com a inveja. Esta última é um sentimento negativo que pode transformar o processo de competição em algo destrutivo.

O ORGULHO: É o brio, a altivez, a soberba. A sensação de que "Eu sou melhor que os outros" por algum motivo. Isto leva a ter uma imagem de si inflada, aumentada, não correspondendo a realidade. Surge com isso a necessidade de aparecer, de ser visto passando inclusive por cima de padrões éticos e vendo os outros colaboradores ou colegas minimizados. Podemos criar a imagem de pavões relacionando-se na empresa o que certamente trás resultados desastrosos. Podemos citar o exemplo de gestores que tomam determinadas decisões por questões de orgulho pessoal ferindo muitas vezes as metas organizacionais mas com o único objetivo de dar vazão a este sentimento.

A AVAREZA : Define-se como estar excessivamente apegado a alguma coisa levando a um grande medo de faltar, uma percepção de escassez. A avareza pode ser percebida no cotidiano das empresas levando ao slogan: "Não tenho confiança em ninguém" logo terei avareza com as informações que me chegam as mãos, com a expressão dos sentimentos e opiniões em relação aos projetos que estou envolvido, etc. Economizo pensamentos, sentimentos e ações pois não consigo lidar com a diversidade, com a transparência entrando num clima defensivo. Em termos de gestão de pesssoas podemos apontar a tendência a centralização como gesto avarento nas organizações.

A PREGUIÇA: É definida como aversão ao trabalho, negligência. Este sentimento faz com que as pessoas desqualifiquem os problemas e a possibilidade de solução destes. A preguiça não se resume na preguiça física mas também na preguiça de pensar, sentir e agir. A crença básica da preguiça é "Não necessito aprender nada", levando a um movimento freador das idéias e ações dentro das organizações que no cotidiano e traduzido pelo "deixa para depois".

A LUXÚRIA: É definida como uma impulsividade desenfreada, um prazer pelo excesso, tendo também conotações sexuais. Nas empresas este pecado é identificado pelo assédio sexual: em nome da posição hierárquica "Desfruto do poder de dominar." Aparece com isso a grande dificuldade de relacionamento entre homens e mulheres nos ambientes organizacionais, reforçando heranças culturais arraigadas bem como dificuldades emocionais de expressar a afetividade de forma saudável.

Faz-se necessário perceber de forma ampliada os fatores que influenciam a gestão de pessoas nas organizações e o seu grau de maturidade para compreender melhor os processos decisórios, a motivação e a qualidade de relacionamento.

Os fatores culturais, os paradigmas administrativos bem como a saúde emocional das pessoas que trabalham juntas parecem somarem-se num todo coerente e explicativo para o grau de desempenho e competências exigidos no modelo de gestão atua.

Os sentimentos envolvidos nos Pecados Capitais por si só não são negativos. O negativo é alimentá-los e agir sob o efeito deles não combatendo-os nem trazendo novas alternativas de comportamento, minando com isso o crescimento e o fortalecimento das competências dentro das organizações.

Mais de 200 municípios deixarão de receber livros didáticos em 2011


Levantamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) mostra que 219 municípios brasileiros não aderiram ao Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) e não receberão livros didáticos doados pelo governo federal no próximo ano letivo. Outros três aderiram ao programa após o prazo e também deixarão de ser beneficiados em 2011. No total, houve adesão de 96% das prefeituras, governos estaduais e escolas federais do país.

O prazo de adesão terminou em 30 de junho. O termo ainda pode ser assinado, segundo o diretor de ações educacionais do FNDE, Rafael Torino. No entanto a prefeitura, governo ou escola federal só será beneficiada a partir de 2012.

É a primeira vez em 70 anos de existência que o programa exige a assinatura de um termo de adesão para encaminhar os livros. “Antes não havia a anuência do gestor, mas acredito que ao oficializar o interesse em receber os livros, evitamos o caráter tácito e o desperdício do material”, diz ao G1, Rafael Torino, diretor de ações educacionais do FNDE.

Para Torino, os municípios, governos e escolas federais que não aderiram ao programa podem ter interesse em adotar outros materiais de ensino.

Pelo PNLD, os municípios recebem livros didáticos de diversas disciplinas para todos os alunos da educação básica. A cada três anos, há o envio de material para um nível de ensino, além da reposição das obras que eventualmente foram estragadas.

Neste ano, foram enviados títulos para os alunos de 1º ao 5º ano do ensino fundamental; em 2011 serão enviados livros aos estudantes de 6º até 8º ano, e no próximo ano, as obras serão destinadas aos alunos de ensino médio.

Ao município cabe a responsabilidade de conservar os livros por três anos e fazê-los chegar aos alunos e professores. Não há custo para os municípios, governos e escolas federais beneficiados, apenas para o governo federal, que fornece os livros.

Com 46%, Dilma lidera e venceria no 1º turno, diz pesquisa Sensus


A candidata do PT, Dilma Rousseff, acumula 46% das intenções de voto e venceria a eleição para presidente da República no primeiro turno, segundo dados de pesquisa Sensus encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada nesta terça-feira (24).

José Serra (PSDB) aparece com 28,1% e Marina Silva (PV), com 8,1%. De acordo com a pesquisa, Dilma venceria no primeiro turno porque, se a eleição fosse hoje, teria mais do que a soma dos votos de todos os demais candidatos.

Na pesquisa anterior, de 5 de agosto, Dilma tinha 41,6%, Serra registrava 31,6% e Marina 8,5%.

O instituto entrevistou 2 mil eleitores em 136 municípios de 24 estados dos dias 20 a 22 . A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) e Zé Maria (PSTU) registraram 0,4% na pesquisa. Eymael (PSDC) teve 0,3%, Rui Costa Pimenta (PCB) teve 0,2% e Levy Fidelix (PRTB) e Ivan Pinheiro (PCB) não pontuaram.

A parcela de eleitores que disse votar em branco ou nulo ficou em 5,1%, e os que não souberam ou não responderam foram 11,7%.

Pesquisa espontânea
Na parte da pesquisa em que os entrevistados respondem espontaneamente em que votariam (sem que seja apresentado a eles o cartão com os nomes dos candidatos), Dilma tem 37,2%, Serra, 21,2%, e Marina, 6%, segundo o Sensus. O candidato Zé Maria aparece 0,6%, Plíniio, com 0,2%. Eymael, Ivan Pinheiro e Rui Costa Pimenta tiveram 0,1%. Levy Fidelix não pontuou.

Segundo turno
No cenário de uma eventual disputa em segundo turno entre Dilma e Serra, a vantagem também é da petista. Ela teria 52,9% contra 34% do tucano. Na pesquisa anterior, Dilma vencia por 48,3% a 36,6%.

Rejeição
A pesquisa mostra também o índice de rejeição dos candidatos. No levantamento, 47,9% disseram que não votariam em Marina Silva (PV) de jeito nenhum. Para José Serra (PSDB), esse percentual é de 40,7%. Dilma Rousseff apareceu com 28,9%.

Expectativa de vitória
Para 61,8% dos entrevistados, independentemente do candidato em quem vão votar, Dilma vai ganhar a eleição. Para 21,9%, o vencedor será José Serra.

Horário eleitoral
A pesquisa mostra que 13,2% dos entrevistados assistiram a todos os programas do horário eleitoral gratuito. Foram 29,7% os que disseram ter visto em parte e 22,8% disseram ter ouvido falar ou conversado sobre o assunto.

O levantamento diz que 56% dos entrevistados avaliaram o programa de Dilma como o melhor do horário eleitoral. Para 34,3%, Serra apresentou o melhor programa e 7,5% gostaram mais do programa de Marina.

Por regiões
No levantamento por regiões, Serra só vence Dilma no Sul, segundo o Sensus. Nessa região, o tucano tem 47,8% contra 35,7% da petista. Marina aparece com 6,9%.

A maior vantagem da petista é na região Nordeste. Ela tem 62,1% contra 19,8% de Serra; Marina fica com 6,4%.

Na região Sudeste, a petista está na frente com 39,2% contra 27,6% do tucano e 9,7% da candidata do PV. Nas regiões Norte e Centro Oeste somadas, Dilma soma 45% contra 25,5% de Serra e 7,6% de Marina.

Homens e mulheres
Na intenção de voto por gênero, Dilma tem 49,4% entre os homens, Serra tem 28,7% e Marina, 7,6%. Entre as mulheres, a petista aparece com 42,9%, o tucano, com 27,4% e Marina, com 8,4%.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Papa envia representante ao santuário construído por Constantino


CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 23 de agosto de 2010 (ZENIT.org) - Bento XVI nomeou o cardeal Giovanni Battista Re, prefeito emérito da Congregação para os Bispos, como legado pontifício para a comemoração dos 1.500 anos do santuário mariano de la Mentorella, situado perto de Roma. O evento acontecerá no próximo dia 29 de agosto.

O Pontífice, em uma carta escrita em Latim, divulgada no sábado passado pela Santa Sé, recorda que este lugar tem um papel importante em seu pontificado.

No dia 29 de outubro de 2005, exatamente 27 anos depois da peregrinação de João Paulo II, Bento XVI visitou o Santuário da Mentorella, nome que se dá ao "Santuário de Nossa Senhora das Graças", pertencente à diocese de Tívoli, nos Montes Prenestinos, "em uma região esplêndida", como recorda o Papa em sua carta.

Segundo a tradição, o Santuário da Mentorella foi construído no século IV pelo imperador Constantino, no Monte Guadagnolo, no lugar do tribuno romano, São Eustáquio, após uma aparição de Cristo na época do imperador Trajano. Dedicada a Eustáquio, a igreja foi consagrada pelo Papa Silvestre.

O santuário é assistido e administrado pela Congregação da Ressurreição, que, em 1883, comprou-o do Estado italiano, depois de haver sido expropriado. O Papa Pio IX já tinha confiado este centro de peregrinação à congregação, em 1857.

Karol Wojtyla visitou o lugar na véspera do conclave em que seria eleito papa.

O Papa polonês gostava de voltar a esse lugar - visitou-o muitas vezes, a última em 2000 - em momentos particulares, quando sentia intensamente a necessidade de oração e reflexão entre as montanhas.

A celebração solene destes 15 séculos de existência prevê um tríduo de preparação, de 25 a 27 de agosto, e no dia 28 se rezará o terço meditado e se celebrará a Missa, presidida pelo Pe. Weslaw Spie-wak, superior da província polonesa da Congregação da Ressurreição, a cujo cuidado pastoral está confiado o santuário.

No domingo, 29 de agosto, o cardeal Giovanni Battista Re presidirá a Santa Missa Solene de aniversário.

Por ocasião da tão simbólica data, será abençoada uma imagem sagrada de Nossa Senhora da Mentorella, que logo depois peregrinará pelas paróquias da diocese de Tívoli; à tarde, preparou-se o Oratório Musial "Totus Tuus", do Coral da Diocese de Roma, dirigido pelo maestro Dom Marco Frisina.

As celebrações concluirão no mesmo santuário, com a concelebração da Santa Missa presidida pelo bispo de Tívoli, Dom Mauro Parmeggiani.

Primaz argentino: os catequistas são muito necessários hoje


BUENOS AIRES, segunda-feira, 23 de agosto de 2010 (ZENIT.org) – O arcebispo de Buenos Aires e primaz da Argentina, cardeal Jorge Mario Bergoglio, aproveitou a festividade de São Pio X e a celebração do Dia do Catequista para agradecer pela “entrega silenciosa e comprometida no ministério da catequese”.

O purpurado destacou o momento especial que a Catequese vive na Argentina, à raiz da preparação do III Congresso Catequético Nacional, a se realizar em 2012 na diocese de Morón, com o lema “Antecipar a aurora, construir a esperança”.

Após pedir ao Senhor que “rejuvenesça” os catequistas com sua graça, recordou, citando o Documento de Aparecida, que a renovação da pastoral e da catequese não dependerá “de grandes programas e estruturas, mas de homens e mulheres novos que encarnem tal tradição e novidade, como discípulos de Jesus Cristo e missionários de seu Reino”.

“Em nossa tarefa evangelizadora, Deus nos pede para acompanhar um povo que caminha na fé. Por isso, o Senhor nos presenteia rostos, histórias e buscas... E sempre nos faz bem recordar que essas crianças, jovens ou adultos que Deus colocou em nossos caminhos não são vasilhas que devemos encher de conteúdo ou pessoas que devemos conquistar”, destaca a carta aos catequistas.

O arcebispo afirmou que “nossa tarefa será simplesmente ajudar a revelar e explicar a Presença daquele que já está e tem o poder de fazer plena toda a vida. Bonita missão que é o ministério da Palavra que os catequistas realizam continuamente há quase dois mil anos".

O arcebispo insistiu que hoje os catequistas são muito necessários. "Alegres, comprometidos, renovados em seu fervor. Fazendo presente esse estilo de Igreja missionária que sabe das fragilidades – próprias e alheias – e por isso sai, escuta, abraça e acompanha”.

Origem da Renovação Católica Carismática


1. A renovação carismática nasceu na Igreja Católica Apostólica Romana. Em Atos dos Apóstolos capítulo 2, os apóstolos recebem a efusão no Espírito Santo e a partir daí começam a evangelizar. São Pedro (1 Papa, instituído pelo próprio Jesus), vai até o povo, discursa, onde cada um o ouvia em sua língua materna (então ele falava em línguas) e converteu muitas pessoas ali. Logo, o primeiro ato da Igreja de Jesus, após sua assenção ao Céu, foi através do Espírito Santo.
2. Todos os dons e carismas usados hoje na renovação, já haviam sido inspirados nas primeiras comunidades Cristãs. Lendo a segunda carta de S. Paulo aos Coríntios, S Paulo instrui os membros daquela comunidade, de como eles deveriam usas os dons.
3. Se vocês puderem se informar melhor, a renovação carismática católica, é um movimento que esta sucitando vocações para sacerdócio e vida religiosa consagrada, em todos os seguimentos. Sendo, ainda, que todos os que começam a participar do movimento começam a ter uma participação mais ativa e profunda das celebrações e sacramentos da Igreja. Então sua afirmação sobre a renovação: " Com efeito, se o homem pudesse receber o Espírito Santo na forma como o afirmam os carismáticos, a pessoa ficaria sem precisar de sacramentos. Também não seria mais necessário o clero, porque cada um se relacionaria diretamente com Deus. " é de total responsabilidade do editor deste site. Mesmo porque como foi o Espírito Santo que criou a Igreja (com sua hierarquia e sacramentos) e é este que nos efunde também, como poderia esse Espirito nos separar ?
4. Quanto a afirmação "fé sem razão" , convido-os a adquirir um livro da Comunidade Canção Nova (que é interiamente Carismática) que se chama "Fé e Ciência", do Prof Felipe Aquino. Este livro os ajudará a ver que não vemos a Fé sem a razão, pois ambas vem de Deus. Em relação aos " livros esses nos quais abundam os erros doutrinários, especialmente teses gnósticas", gostaria de salientar que a Frente Nacional da Escola Paulo Apostolo, conta com muitos teólogos da Igreja, que até então, não verificaram nada de errado.
Alem de tudo o que citei acima, o movimento conta com o apoio do proprio Papa João Paulo II e da CNBB.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Chiara Lubich


Chiara Lubich, líder mundial do movimento ecumênico e um nome de destaque da filósofa social cristã, nasceu em Trento, Itália, em 1920; batizada Silvia, adotou depois o nome Chiara. Fundou o movimento católico ecumênico que se tornou conhecido por "Movimento Focolare", destinado a promover a vida segundo os preceitos cristãos e contribuir para uma nova ordem mundial segundo os ideais de fraternidade e bens em comum. Sua atividade esteve inicialmente restrita a pequenas vilas italianas, principalmente no socorro prestado às vítimas do bombardeio de sua cidade natal em 1944, durante a segunda guerra mundial. O apoio do influente político italiano Igino Giordani, porém, ajudou a propagar o Movimento a partir de 1948.

Em 1960, impressionada com os relatos de um sacerdote fugitivo de um campo de concentração comunista, enviou médicos à então Alemanha Oriental. Seu movimento pela unidade cristã se difundiu clandestinamente em outras nações comunistas: Polônia, Checoslováquia, Hungria, Rússia e Lituânia.

Após a queda do muro que separava a Europa capitalista do empobrecido Leste europeu socialista, em 9 de novembro de 1989, - queda que havia profetizado -, Chiara realizou encontros do movimento na Polônia, com a participação de adeptos vindos de quase todos os países da Europa Central e Oriental. Recebeu da Universidade Católica de Lublin, em 19 de junho de 1996, o título de doutor honoris causa em Ciências Sociais.

Em 1960, em outro encontro, - este realizado em Friburgo, Suíça -, ao falar a políticos de diferentes nações sobre a sua proposta de unidade entre os povos, deu uma dimensão político-filosófica e religiosa, ampla e original, ao seu pensamento, pregando que Deus pede o amor recíproco entre Estados do mesmo modo que pede o amor recíproco entre os irmãos, e que era chegado o momento no qual a pátria alheia devia ser amada como a própria.

Criou cidades modelo de organização cristã em vários países, uma delas, - dotada de hospital, escolas, e centros de atividades artesanais -, no coração da República dos Camarões, onde a mortalidade infantil era a mais elevada. Para a ação do Movimento na África tomou por diretriz o dever de se fazer justiça e contribuir para saldar a dívida que o mundo ocidental tem para com aquele continente.

O forte tom ecumênico do movimento, indispensável à sua ética política de união dos povos, conduziu Chiara Lubich a vários encontros com líderes das diversas religiões, antecipando-se ao movimento ecumênico que seria deflagrado na Igreja Católica pelo papa João XXIII. Em 1961 reuniu-se com pastores luteranos na Alemanha, em Darmstadt, abrindo diálogo também com os anglicanos, reformados suíços, e os seguidores de outras diferentes Igrejas e comunidades cristãs.

Em 1977 recebeu em Londres o Prêmio Templeton para o progresso da religião e iniciou então um diálogo com judeus, muçulmanos e budistas citando seus maiores místicos, naquilo que exaltam o amor como essência de tudo. Fundou uma escola permanente do diálogo religioso em 1967 nas redondezas de Manila, nas Filipinas, como centro de encontro de outras religiões e irradiação da Espiritualidade na Ásia.

Uma viagem ao Brasil inspirou-lhe o que chamou Economia de Comunhão na Liberdade um setor do Movimento Focolare destinado a criar uma rede de indústrias e agentes comerciais que, pondo em prática os preceitos de união e compartilhamento que orientam o Movimento, promovem o respeito às leis do País, salários justos, e mútuo apoio com capital e tecnologia partilhadas também entre as nações e continentes.

O Papa João Paulo II, autor da Encíclica Centesimus Annus, na qual convida à solidariedade também num sistema econômico com dimensão planetária, a respeito de Chiara Lubich teria dito: "Na história houve muitos radicalismos do amor: o radicalismo de Francisco, de Inácio de Loyola, de Charles de Foucauld. Existe também o radicalismo de Chiara..."

Chiara faleceu em 14 de março de 2008, aos 88 anos, em Rocca de Pappa, Itália.

Sem Dilma, Serra e Plínio atacam petista em debate católico

Os candidatos à Presidência da República José Serra (PSDB) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) criticaram a ausência da adversária Dilma Rousseff (PT) em debate na noite desta segunda-feira (23), em São Paulo. O encontro é promovido pela TV Canção Nova e pela Rede Aparecida de Comunicação, emissoras de rádio e TV católicas com retransmissoras espalhadas por todo o país.

Além de Serra e Plínio, participou do encontro Marina Silva (PV). Dilma não compareceu alegando "problemas de agenda", e o púlpito dedicado a ela no evento ficou vazio ao lado do candidato tucano.

"Dos quatro candidatos, tem uma que não podia deixar de estar aqui. O meio cristão sabe muito bem que é José serra, quem é Marina e eu acho que nenhum dos bispos e padres que estão aqui deixam de me conhecer. No entanto, essa senhora, que é uma incógnita, que não sabemos quem é, que foi inventada pelo Lula, manda uma cartinha cheia de latitudes, foge do debate...", atacou o candidato do PSOL, antes de ser aplaudido pela plateia.

"O que nós temos são três recortes em matéria econômica que não representam orgulho para nós: primeiro, a maior taxa de juros do mundo. A candidata ausente tem defendido essa política", afirmou o tucano, ao ser questionado sobre como via o atual momento econômico do país.

"Segundo, temos a maior carga tributária do mundo em desenvolvimento. Em terceiro, a taxa de investimento público do governo é a penúltima ou antepenúltima do mundo. Isso tem algo de errado para o longo prazo", afirmou.

Durante o evento, a petista postou em seu perfil no Twitter uma mensagem alheia à discussão que se travava no debate. "Olha q interessante,o Pato Fu interpretando músicas de sucesso usando instrumentos de brinquedo. http://www.youtube.com/watch?v=9zuBXnp9D0s", publicou a ex-ministra da Casa Civil.

Aborto e criminalização da homofobia

O candidato do PSOL, assumidamente católico, defendeu o direito ao aborto, enquanto Marina propôs um plebiscito para resolver a questão, apesar de pessoalmente ser contrária à prática. "Eu defendo que na democracia se faça o plebiscito para que se faça aquilo que está faltando, o debate aberto", disse a candidata verde.

Uma das perguntas provocou os candidatos sobre a possibilidade de apoiarem a criminalização da homofobia. Plínio mostrou-se contrário. "Sou contra toda e qualquer forma de desiguldade e criminalização", afirmou.

Já o candidato do PSDB foi inconclusivo. "Preferência sexual não pode ser objeto de discriminação. Que as religiões tenham princípios ou crenças é perfeitamente normal e compreensivo", disse, para em seguida defender o direito das igrejas pregarem seus princípios dentro de recintos religiosos.

Os presidenciáveis também foram questionados sobre a importância de Deus e da religião para o presidente da República. "Acho bom que presidente da República acredite em Deus", disse Serra. "Deus é tão bom que pessoas que não crêem também podem ser justas, podem ser éticas", afirmou Marina.

Segundo o Datafolha, Dilma tem hoje 47% das intenções de voto, contra 30% de Serra. Considerados apenas os votos válidos, Dilma teria 54% - o que encerraria a disputa no primeiro turno. De acordo com o levantamento, 57% dos entrevistados acredita em vitória da petista, contra 22% que atribuem o mesmo desempenho ao tucano.